WhatsApp Image 2019-08-15 at 08.36.52.jpeg
Juventude Sem Terra distribui livros durante intervenção / Foto: Edgi Carvalho e Cida Nonato

 

Por Coletivo de comunicação MST/PI


De 12 a 16 de agosto de 2019 foi realizada a Jornada Nacional da juventude Sem Terra, que, em sua décima edição, trás como lema: Juventude em luta pela vida e por direitos.


No Piauí, na programação da jornada foi realizado o seminário de 20 anos do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera) no estado, um importante espaço para debater sobre a educação do campo. O seminário aconteceu entre os dias 13 a 15 de agosto, tendo como objetivo central problematizar as especificidades e recorrências que caracterizam as dimensões socioeconômicas, políticas e culturais dos sujeitos do campo nos processos formativos.


Durante o evento, o coletivo estadual de juventude do MST realizou apresentações culturais como a “dança de boi mangangá”, cultura que atravessou gerações no assentamento Palmares, no município de Luzilândia (PI). Também aconteceram intervenções poéticas, apresentações musicais e teatrais. 
 

WhatsApp Image 2019-08-16 at 06.21.27.jpeg
Juventude do MST realizou apresentações culturais / Foto: Edgi Carvalho e Cida Nonato



Na quinta-feira (15), foi realizada uma audiência na Assembléia Legislativa do Piauí (ALEPI), onde a juventude Sem Terra fez a distribuição de livros, de autores do próprio Movimento, para deputados e membros da mesa, formada pela coordenação do Fórum Piauiense de Educação do Campo (FOPEC), membros da Universidade Estadual do Piauí (UESPI), da Universidade Federal do Piauí (UFPI) e movimentos sociais.


O evento contou com a participação de mais de 500 jovens do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado do Piauí (FETAG), Comissão Pastoral da Terra (CPT), Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA), Movimentos de Atingidos por Barragens (MAB) e estudantes de Licenciaturas em Educação do Campo (LEDOC).
 

WhatsApp Image 2019-08-16 at 12.21.26.jpeg
Representantes de diversas instituições, entidades e organizações participaram da atividade /
Foto: Edgi Carvalho e Cida Nonato



A Jornada também foi apresentada na Universidade Estadual do Piauí (UFPI), em assembléia com a juventude dos movimentos sociais presentes em um seminário realizado pelo Centro de Ciências da Educação.


*Edição Yuri Simeon