Ceará [2].jpg
No Ceará, diversas ações são realizadas neste 14 de Junho. Fotos: Aline Oliveira

Por Aline Oliveira
Da Página do MST

 

O estado do Ceará está realizando ao longo do dia várias atividades de apoio à Greve Geral contra a Reforma da Previdência. As ações fazem parte da Jornada Nacional de Luta "Ocupar é um direito: por Terra, Trabalho e Direitos Sociais", do Movimento dos Sem Terra (MST).
 

Na capital Cearense já são 100 mil pessoas participando nas ruas.  O MST no estado também está ocupando uma área da mineradora Globest no Ceará. A ocupação aconteceu na manhã desta sexta feira (14), com cerca de 150 famílias Sem Terra e Comunidades atingidas pela mineradora na Região.


A Globest, uma mineradora chinesa e inglesa, que explora minério de ferro no município de Quiterianópolis, na serra do Besouro, desde 2010. A empresa foi autuada 12 vezes pela Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace) e duas vezes pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (Ibama) por uma série de crimes ambientais que teriam sido cometidos próximos ao longo do rio Poti. 


O rio Poti, que se estende até o estado do Piauí, tem grandes concentrações de antimônio, alumínio, ferro, fósforo, magnésio e potássio nos trechos examinados no Ceará. As famílias Sem Terra denunciam os crimes cometidos pela empresa e cobram dos órgãos o não licenciamento para que a empresa volte a operar.

Ceará [4].jpg


Confira algumas das ações: 

- BR 116 trancada no município de Barro

- BR 020 trancada no município de Canindé

- BR 020 trancada no Município de Madalena

- Ocupação de Terra na Área da Globest

- Caminhada pelas ruas da cidade de Russas, finalizando na Agencia do INSS

- Ato no Centro de Itapipoca
 

*Editado por Fernanda Alcântara