Da Frente Brasil Popular

 

Após a demissão do presidente da Petrobras, Pedro Parente, nesta sexta-feira (01), a Frente Brasil Popular emitiu nota em que se posiciona contra a continuidade da política de preços atual, iniciada por Parente.


"Vamos continuar mobilizados até que o preço dos combustíveis e do gás seja redudizo e a Petrobras tenha uma política de preço a serviço do seu principal acionista: o povo brasileiro", declaram os mais de 80 movimentos reunidos na Frente.


Confira na íntegra:


Demissão de Parente é vitória do povo brasileiro


A demissão do presidente da Petrobras Pedro Parente é uma vitória do povo brasileiro  que já não aguenta mais o alto custo de vida impulsionado pelo Governo de Michel Temer. Una vitória do movimento dos caminhoneiros, da mobilização do movimento social e dos Petroleiros que pediram a demissão imediata de Parente, o país se uniu para defender a Petrobras que desde 2016 aumentou a gasolina 216 vezes e hoje o gás de cozinha chega a 1/10 do salário mínimo do país.


Essa alta se deve à política de reajuste de preço que, assim como a gestão de Parente, o povo exige que acabe.


O caos econômico, assim como o índice de desemprego é fruto direto dos ataques ao Estado Democrático de Direito e à submissão da Nação dos interesses do capital financeiro internacional.


Vamos continuar mobilizados até que o preço dos combustíveis e do gás seja redudizo e a Petrobras tenha uma política de preço a serviço do seu principal acionista: o povo brasileiro.


A Petrobras é nossa e vamos lutar contra todo tipo de desmonste e privatização.


1 de Junho de 2018.


Frente Brasil Popular