36214639444_ecac2a8021_b.jpg
Foto: Divulgação / MST

 

Da Página do MST



Nos dias 25 e 26 de maio, o MST realiza a 5ª Feira da Reforma Agrária do MST no Ceará. O evento será na praça da Prefeitura de Quixeramobim, conhecido como o marco zero do estado. Nessa edição, a feira traz o lema “Em tempos de golpe: ocupar, resistir e produzir”.


Com o objetivo de estreitar o diálogo entre a população do campo e da cidade, a feira leva à população uma diversidade de alimentos saudáveis produzidos nas áreas de assentamentos e acampamentos de Reforma Agrária localizados na região Sertão Central. 


Além da comercialização de produtos, os visitantes encontrarão uma vasta programação, com shows, intervenções culturais, seminários e uma praça de alimentação com comidas típicas regionais.


Maria Madalena, acampada na comunidade de Nova Canudos, diz que participou da feira em 2016 e percebeu a diversidade de alimentos que as famílias produzem nos assentamentos e acampamentos. “Foi muita fartura e isso é resultado do trabalho de nós camponeses. Ela [a feira] é a expressão do nosso papel enquanto lutadores e lutadoras”, destaca Madalena. 


Já Iane Braga, do setor de produção do MST, acredita que a feira tem sido um espaço de propaganda dos produtos e tem sido um instrumento importante para construção da Reforma Agrária Popular. 


“Nossas feiras de maneira geral tem dialogado com a sociedade sobre a importância da Reforma Agrária e desmistificado a ideia de que os nossos assentamentos não produzem. A comercialização dos alimentos traz também o debate da produção sem o uso de agrotóxicos, pois a alimentação saudável é direito de todos”, afirma.


Produtos


Os visitantes da feira poderão levar para casa queijo, nata, feijão, milho verde, mel, cheiro verde, batata doce, abóbora, gergelim, carne de bode, galinha caipira, melancia, pepino e muito mais, além de diversos tipos de artesanatos. 


Em Quixeramobim, o evento acontece desde 2013. O espaço é organizado pelo MST, pela Cooperativa Central das Áreas de Assentamentos do Ceará (CCA) e Cooperativa Regional dos Assentamentos de Reforma Agrária do Sertão Central do Ceará (COOPERASC). Neste ano, conta com o apoio da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA), Casa Civil, Projeto São José, Instituto Agropolos, Associação dos Prefeitos dos Municípios do Estado do Ceará (APRECE), o IAC e com as prefeituras de Quixeramobim, Madalena, Quixadá, Senador Pompeu.


Confira a programação:


Sexta-feira (25/05)
8h– Abertura/Audiência Pública “29 anos de MST Ceará”, na Câmera Municipal
9h – Feira Livre na praça da Prefeitura e roda de viola com cantores populares
13h às 17h - Feira Livre
16h às 17h: Seminários temático “Análise de Conjuntura”
19h – Mística de Abertura da noite:
Apresentação de peças de teatro e danças das escolas do campo 
Shows culturais: Banda de lata criança feliz, Azanias e Banda, forró do Bunitim, forró do Cangaço


Sábado (26/05)
5h – Feira Livre (durante todo o dia)
9h – Seminários “Agroecologia: Construindo Resistência em Tempos de Golpe”
13h às 17h – Feira Livre na praça da prefeitura
19h – Mística, ato de encerramento e Shows culturais com as bandas: Luan Rodrigues, Lívia Mara, Tony Guerra e Forró Sacode

 

59622a7c-1c99-4531-8ec8-77fd1852e223.jpg