via_campesina (1).jpg
Divulgação/MST

 

Do Coletivo de Comunicação do MST na Bahia
Para Página do MST 


Com o objetivo de reunir parceiros, amigos e lideranças de todo mundo numa grande ação de unidade e luta, o MST realiza nesta sexta-feira (16), a partir das 19h, na sua sede, em Salvador (BA), um Ato Político de Solidariedade aos Povos.


A atividade pretende trabalhar o significado do internacionalismo na luta de classes; propor um espaço de troca de experiências; denunciar a ofensiva neoliberal no mundo; e provocar debates em torno da soberania popular.


Evanildo Costa, da direção nacional do MST, acredita que a classe trabalhadora em todo mundo tem sofrido uma ampla ação de retirada de direitos.  “As ofensivas aos trabalhadores é algo preocupante e só serão superadas com a união e comprometimento dos povos”, diz.


“O avanço do neoliberalismo e os inúmeros processos de invasão imperial nos países, em via de desenvolvimento, nos mostra a necessidade de estarmos juntos aos outros movimentos. Nesse sentido, está expressa a necessidade de construir instrumentos que deem unidade a classe trabalhadora para fortalecer a luta e unir os povos contra o capital internacional”, explica Costa.


Diversas lideranças políticas e representantes de movimentos e organizações populares ligados a Via Campesina já confirmaram presença no evento. 

 

AtoPolítica_Solidariedade aos povos (1).png