WhatsApp Image 2018-02-19 at 10.00.17.jpeg
Divulgação/MST

 

Do Brasil de Fato 

 

Milhares de trabalhadoras e trabalhadores realizam paralisações e atos, nesta segunda-feira (19), contra as novas regras que pretendem mudar a legislação da Previdência. 


O dia Nacional de Lutas é organizado por centrais sindicais e movimentos populares e acontece em várias cidades pelo país.


O prazo estipulado pelo governo para aprovar a reforma é até o fim de fevereiro. As perspectivas de aprovação são fracas.

O próprio presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), tem dado sinais de que pode decidir pelo engavetamento da matéria.


O governo precisa de 308 votos para a aprovação, número que Maia afirma não existir até o momento.

 

Confira Minuto a Minuto a cobertura do Brasil de Fato aqui