Foto Leandro Molina.jpg
Foto Leandro Molina 

 

Por Catiana de Medeiros
Da Página do MST


Em audiência realizada na manhã desta sexta-feira (21), o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Edegar Pretto (PT), em atendimento a solicitações de trabalhadores rurais assentados na Reforma Agrária, entregou ao ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, documento subscrito por várias cooperativas.


As entidades vinculadas aos trabalhadores rurais reivindicam que a produção de alimentos dos assentamentos também seja direcionada ao atendimento das compras institucionais do governo. "Hoje temos diversas cooperativas organizadas por agricultores de assentamentos que contam com uma produção suficiente para, além de abastecer as famílias que os produzem e parte ser vendida em comércios locais, também ser ser direcionada às aquisições governamentais e à Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB)", explica Edegar Pretto.


Segundo Emerson Giacomelli, presidente da Cooperativa dos Trabalhadores Assentados da Região de Porto Alegre (Cootap), os agricultores reivindicam a retomada e o fortalecimento de políticas sociais, como o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), para comercializar a variedade de produção que existe nas áreas de assentamentos.


“As políticas públicas são fundamentais para que as pequenas cooperativas da agricultura familiar e camponesa possam encontrar ferramentas de comercialização, seja através da formação de estoque ou compra com doação simultânea. Também queremos a retomada de ações como a possibilidade de pagamento dos saldos devedores através da entrega de produtos, o que já existia na Conab e hoje é uma demanda reprimida”, complementa.


O encontro, realizado no Palácio Piratini, contou ainda com a participação de Caio Rocha, secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional.