WhatsApp Image 2017-06-30 at 08.33.41.jpeg

 

Da Página do MST 


Na manhã desta sexta-feira (30), o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra aderiu às manifestações da Greve Geral abrindo as cancelas do pedágio na BR 381, na altura do município de Itatiaiuçu. 

São 600 trabalhadores e trabalhadoras que exigem o fim da retirada de direitos pelo governo golpista, se somam ao anseio da sociedade pelo "Fora Temer" e pela restauração da democracia através eleições diretas.


Os manifestantes são contra a reforma trabalhista e a reforma da previdência. "Os projetos de lei e as anti reformas golpistas tem um único objetivo: aumentar a riqueza de quem já possui demais, esmagando  os direitos dos trabalhadores e entregando as riquezas do país nas mãos do capital imperialista", explica a Dirigente do MST Nacional Ester Hoffmann.


Ela alerta também que MP 759 é mais uma ameaça à soberania do país. "Essa lei absurda quer estimular a venda de lotes em assentamentos, somos totalmente contra essa prática, acreditamos na concessão de uso da terra. Ao mesmo tempo autoriza as empresas transnacionais a adquirirem imensas áreas produtivas para especulação e a monocultura. Ou seja, estão vendendo o Brasil", denuncia Hoffmann.