IMG-20170617-WA0020[1].jpg

 

Por Coletivo de Comunicação do MST na Bahia
Da Página do MST


Entre os dias 16 e 17/6, a Praça do Pequi em Eunápolis, no Extremo Sul da Bahia, foi palco da 5ª Feira da Reforma Agraria, realizada pela brigada Elias do Paraná do MST.


Para o Movimento, a feira é considerada um instrumento de contraposição ao modelo de produção dos grandes latifúndios e tem se tornado uma tradição entre a população.


Nesse contexto, Neuza Souza, do setor de produção da brigada, diz que o principal objetivo da Feira é dar visibilidade à produção camponesa e agroecológica, com produtos produzidos nas áreas de assentamento e acampamento.


“Isso tem possibilitado também o diálogo direto com a sociedade sobre a importância da Reforma Agrária Popular e a atual conjuntura política do nosso país”, explicou Souza.


Diversos consumidores, amigos e parceiros estiveram na feira e puderam aproveitar a variedade de produtos, como: feijão, batata, galinha caipira, cheiro verde, queijo, banana, mamão, abóbora, tomate, mel de abelha, doce de leite, rapadura, biscoito, bolos, coalhada, bonecas de pano, jarro de rosas e licor artesanal.


Arlete Fernandes, visitante da Feira, ficou muito feliz com a realização do evento, pois ofereceu à cidade produtos de qualidade com preços acessíveis e atendimento excelente.


Ela acredita ainda, que a Feira deveria acontecer pelo menos uma vez por mês. “Parabéns ao MST pela belíssima atividade cheia de música e produtos deliciosos”, enfatizou.


Com caráter cultural e artistas populares a feira demarcou seu espaço no centro de Eunápolis.

 

*Editado por Maura Silva