Margareth_Daniela.jpg

 

Por Wesley Lima
Fotos: Coletivo Diretas Já

 

Nesse último domingo (11), o Farol da Barra, em Salvador, foi pintado de “povo” com a presença de 100 mil pessoas no Ato Político e Cultural por “Diretas Já”.


Organizado pela Frente Brasil Popular, o ato reuniu diversos artistas baianos, como Margarath Menezes, Daniela Mercury, a banda Baiana Systen e vozes consagradas como a de Lazzo Matumbi, que levantou uma multidão ao repudiar as eleições indiretas e pautar, junto aos movimentos e organizações sociais, a construção de eleições diretas no país.


Inspirados na resistência negra e na luta política em defesa de uma sociedade livre de exploração, foi destacado que só com o povo na rua vai ser possível realizar mudanças e barrar o governo de Michel Temer (PMDB), apontado como ilegítimo e golpista pelos manifestantes.


De acordo com Olívia Santana, educadora popular e militante do movimento de mulheres negras, o Farol da Barra, que é considerado historicamente como ponto turístico da classe média e alta da capital baiana, se transformou num espaço de luta permanente da classe trabalhadora contra os retrocessos impostos pelo governo Temer.


“A Barra é nossa. É daqueles também que lutam por democracia. Estamos provando mais uma vez que é do quilombo que nasce a revolução”, enfatizou Santana.


Nesse sentido, o presidente estadual do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Davidson Magalhães, lembrou da votação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que analisou, na última semana, as contas da chapa Dilma/Temer, absolvendo o presidente de uma possível cassação. Para ele, o episódio foi um ‘vexame’ e uma demonstração de que o golpe contra o povo continua.


Já para Evanildo Costa, da Direção Nacional do MST, só a luta, com direcionamento político e unidade, vai conseguir colocar um fim no governo ilegítimo de Temer e avançar num projeto de sociedade mais justo e igualitário.


“Não podemos recuar, ou abaixar nossas cabeças diante das medidas que retiram direitos de toda classe trabalhadora. Por isso, reafirmamos que somos contra esse governo e não vamos parar de fazer luta. Nosso objetivo é derrotar esse golpista”, destacou Costa.


“Nós somos a democracia”

 

Russo_Baiana_System.jpg
Baiana System agitou o Farol da Barra por Diretas Já!

Após cantar seus maiores sucessos ao lado de Margareth Menezes, a cantora Daniela Mercury pediu respeito aos direitos dos LGBTs e salientou: “queremos ‘Diretas Já’, porque a gente não aceita indiretas nesse país, nesse estado de exceção que estamos vivendo. A corrupção não vai vencer a democracia, pois nós somos a democracia”.


A atração mais aguardada do evento, a banda Baiana System fechou as apresentações com um show marcado pela irreverência e mobilização das massas. Segundo o vocalista Russo Passapusso, “a desobediência a vossas excelências é essencial, que tentam e podem nos destruir. Abre o olho, careta. Fora Temer!”.

 

*Editado por Leonardo Fernandes