33885324654_feb9232d60_z.jpg
Protesto na Avenida Paulista, em São Paulo nesta quinta-feira / Mídia Ninja

 

Por Vanessa Martina da Silva 
Do Brasil de Fato 


“É um momento de cautela, mas ao mesmo tempo de resistência e de retomada das ruas de todo o país. O momento é ir para a rua e pedir Diretas Já”, diz João Paulo Rodrigues, da direção nacional do MST, que integra a Frente Brasil Popular. Ele se refere à crise política instaurada no país após a denúncia de que o presidente golpista, Michel Temer (PMDB), teria dado o aval para comprar o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha frente a uma possível delação premiada.


As Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo estão convocando atos em todo o país para pedir a saída de Temer e a convocação de eleições diretas.


“Estamos convocando mobilizações para todo o país a partir desta quinta-feira (18). Queremos fazer domingo como um grande dia de paralisação nacional. Um dia em que toda a classe trabalhadora pare o país e esteja nas ruas, nas praças pedindo Diretas Já”, diz João Paulo.


Ele ressalta que estamos vivendo uma situação anormal. “É uma crise política vinda de um golpe, por isso as contradições virão de todas as partes. O momento é ir para a rua e pedir Diretas Já”.


Acompanhe minuto a minuto a crise política envolvendo denúncias contra Temer


Até o momento, a agenda de atos é a seguinte:


Quinta-feira: Rio Grande do Sul (17h, Esquina Democrática); Santa Catarina (17h, TICEN; 16h, Praça Nereu Ramos, Criciúma); Paraná (18h30, Santos Andrade); Rio de Janeiro (17h, Candelária); Espírito Santo (18h, ALES); Minas Gerais (17h, Praça Sete, BH; 17h Praça das Pilastras, Viçosa; 16h Praça do Forum, Uberlândia); Paraíba (15h, Lyceu Paraibano); Alagoas (Plenária, 10h, Urbanitários); Rio Grande do Norte (15h, Praça do Pax em Mossoró); Ceará (10h, Plenária FBP, - CUT-CE); Piauí (17h, Praça da Liberdade); Pará (17h, Mercado de São Brás) e Distrito Federal (8h, Plenária Frente Brasil Popular, CUT-DF); Goiás (18h, Praça do Bandeirante);


Sexta-feira (19): estão confirmadas ações no Rio Grande do Norte (18h, Midway) e na Bahia (15h, Campo Grande);


Domingo (21): São Paulo (15h, MASP).