IMG-20170428-WA0255.jpg

 

Da Página do MST

 

Em adesão a greve nacional, no início desta manhã de sexta feira (28), cerca de 600 trabalhadores organizados no MST, Fetagri, quilombolas e sindicalistas interditaram a rodovia Alça Viária que interliga as principais vias de acesso à capital do Pará


Em Belém, mais de 50 mil trabalhadores fecharam avenidas e caminharam pelas ruas do centro um grande ato político contra as reformas da Previdência e trabalhista.

IMG-20170428-WA0045.jpg


Em Marabá a Frente Brasil Popular organizou uma marcha com a participação de cinco mil pessoas entre trabalhadores rurais, estudantes, professores e sindicalistas.


Em Parauapebas, trabalhadores da Vale e diversas categorias também se juntaram nas manifestações no estado em unidade e na defesa dos seus direitos.


Para Ulisses Manaças, da coordenação nacional do MST, hoje foi uma grande demonstração de unidade da classe trabalhadora em defesa dos seus direitos. Para Manaças, esta foi uma bonita representação de forças dos trabalhadores e trabalhadoras.


"Estamos desde as primeiras horas deste dia, em diversos pontos do país, fechando rodovias, participando de atos, nos somando com os trabalhadores da cidade, nesta grande greve contra a retiradas dos nossos direitos, contra este governo golpista! Estamos em luta!", destacou o dirigente.

 

IMG-20170428-WA0271.jpg

 

 

*Editado por Rafael Soriano