WhatsApp Image 2017-04-17 at 18.02.05.jpeg

 

Da Página do MST 

 

Como parte das atividades da Jornada Nacional de Lutas pela Reforma Agrária, cerca de 400 trabalhadores e trabalhadoras Sem Terra ocuparam na manhã desta segunda-feira a sede do Incra – Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária – em Florianópolis, Santa Catarina.


Os trabalhadores Sem Terra, provenientes de diversos acampamentos e assentamentos da Reforma Agrária, reivindicam a criação de novos assentamentos, o fornecimento de cestas básicas aos acampados, a liberação de crédito especial para a Reforma Agrária, além de créditos habitacionais e assistência técnica aos produtores. 


"Nós não vamos aceitar nenhum retrocesso na Reforma Agrária. E por isso estamos aqui. Para cobrar que sejam feitos novos assentamentos, bem como a assistência técnica aos produtores, entre outras pautas que não surgiram hoje, mas há muitos anos o MST vem lutando por isso”, disse Irma Brunetti, da Direção Nacional do MST. 


Em nota, a Superintendência do Incra em Santa Catarina informou que pretende negociar pacificamente a desocupação do prédio, que permanece com as atividades suspensas. Para o movimento, a negociação deve passar pelo atendimento às demandas apresentadas à instituição. 

 

*Editado por Leonardo Fernandes