Por Aline Oliveira
Da Página do MST

 

Na madrugada desta quarta-feira (01) cerca de 80 famílias organizadas pelo MST, reocuparam a fazenda Jacaraí, localizada na Zona Rural do município de Quixeramobim, no Sertão Central.


A área tem como proprietário Giorgio Eneias e possui cerca de 3 mil hectares. O MST exige sua desapropriação imediata por parte do Governo Federal através do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra).


Hoje existem aproximadamente 2 mil famílias acampadas em todo Ceará, na expectativa de ter o acesso à terra, no entanto o presidente Golpista Michel Temer lançou o que vem sendo considerado o Ato Institucional da Reforma Agrária, a MP-759, que pretende interromper a distribuição de terras e esvaziar o campo brasileiro.


A proposta consiste em acelerar a emissão de títulos de domínio das propriedades e transferir às prefeituras a função de identificar assentados aptos a recebê-los.


Diante da situação o MST permanece na luta, mantendo as ocupações e não admitindo retrocessos na Reforma Agrária.

 

 

*Editado por Rafael Soriano