SEMAN.jpg

 

Por Aline Oliveira 
Da Página do MST


Na última segunda feira (30), começou no assentamento Santana da Cal, no município de Canindé, a VII semana pedagógica das escolas de ensino médio do Ceará.


A atividade acontece na escola Patativa do Assaré e conta com participação de cerca de 300 educadores e educadoras de sete escolas do campo já em funcionamento e de cinco escolas em processo de construção.


A VII semana pedagógica  - que esse acontece com uma intencionalidade ampla diante da conjuntura política, econômica e social em que o país se encontra -, faz parte do calendário anual do coletivo de educação.  Diante disso, a programação conta com debates ligados à conjuntura educacional com foco na critica à privatização da educação pública e a pedagogia do capital.

SEMA.jpg


A atividade também tem como objetivo retomar as propostas de qualificação nos projetos político pedagógico das escolas, além de construir uma estratégia de consolidação da política educacional no campo.


Para Maria de Jesus dos Santos, da coordenação do setor de educação “A semana pedagógica nos desafia a avaliar, planejar e pensar estratégias para nossas escolas, qualificar o conhecimento dos nossos educadores e educadoras nas áreas das ciências humanas, agrárias, atualizar o nosso Projeto Político Pedagógico, e dar prioridade a agroecologia, e a soberania hídrica”.


“Esse é também momento de reafirmarmos a nossa posição nessa conjuntura, não podemos admitir que o governo ilegítimo de Michel Temer com a proposta da medida provisória 746 retire do nosso currículo disciplinas tão importantes na formação social, nosso currículo deve ser ampliado e não reduzido, entendo que a escola deve cumprir a função de formar seres humanos críticos e participativos, o conhecimento cientifico é um direito da classe trabalhadora” conclui Maria de Jesus.


A formação que iniciou na ultima segunda dia 30/01 segue ate sexta feira, 03/02. A semana pedagógica é uma atividade politica pedagógica, que busca elaborar diretrizes para avançar na construção da educação popular e principalmente na socialização de  experiências em diversos campos do conhecimento, buscando enriquecer cada vez mais os Projetos Políticos Pedagógicos das escolas do campo de áreas de assentamentos de Reforma Agrária do Ceará.

 

SEMANA.jpg