03.jpg

 

Por Aline Oliveira 
Da Página do MST

 

Na manhã desta quinta-feira (12), cerca de 300 manifestantes trancaram a BR 060 que liga Quixeramobim à Fortaleza.


A ação  organizada pelo MST reivindica a construção de 600 moradias para as famílias acampadas a mais de quatro anos no acampamento “Irmã Tereza”.


O bloqueio da rodovia durou cerca de duas horas e terminou quando o governador do estado, Camilo Santana (PT), sinalizou uma audiência para discutir as pautas do Movimento.


Em nota, a secretaria das cidades afirmou que existia um projeto para construção de unidades habitacionais pelo Minha Casa, Minha Vida já em analise na Caixa Econômica Federal, quando as contratações do PMCMV foram suspensas pelo governo federal.


Para o a coordenação do MST “essa situação é inadmissível", já que as famílias estão em condições precárias no acampamento. 


Comunas urbanas no Ceará


No Ceará existem seis acampamentos urbanos organizados pelo MST que resistem nas margens das cidades de Crateús, Tamboril, Ibaretama, Aracati, Pentecoste, Quixeramobim.


O governo do estado se comprometeu em intervir na construção dos conjuntos habitacionais, no entanto, varias promessas já foram feitas e nenhum avanço após as negociações.


O programa Minha Casa, Minha Vida tem sido a solução para muitas famílias que desejam a casa própria e não conseguem, mas diante da suspensão do programa pelo governo federal muitas destas famílias acreditam que a principal forma de persistir neste sonho é a luta  urbana, é a ocupação.