cce42f71-7eed-4c8f-9d53-d9e6538dbaef.jpg


Por Coletivo de Comunicação do MST na Bahia
Fotos: Jozé Abreu


Na última quarta-feira (07), trabalhadores e trabalhadoras Sem Terra comemoram a formatura dos alunos de educação básica, da Escola Municipal Paulo Freire, localizada no assentamento Luís Inácio Lula da Silva, no município de Santa Cruz Cabrália, extremo sul da Bahia.

 

Jaziam Mota, da direção estadual do MST, ressaltou que a luta não é só por terra, mas também por igualdade social.


"A educação é um passo fundamental para conquista da Reforma Agrária que tanto lutamos”, disse. 


Ainda segundo Mota, “o sonho pela terra é um objetivo de todos, porém, quando conquistado o chão, surgem outras questões para a continuidade da luta que só é possível  através da educação e de uma pedagogia libertadora”.

8c40ce8a-d15a-438e-bab5-fcd3a594de54.jpg


Educação e Luta 


A mística do dia resgatou a luta da classe trabalhadora diante do atual cenário político vivido no Brasil. Além disso, defendeu a educação do campo e apontou seus principais desafios.


Maria Gil, do setor educação do MST, ressaltou em sua fala que "muitos dos alunos que ali estavam concluindo um parte de seus estudos, nasceram e estudaram no assentamento".


Nesse sentido, o setor de educação reafirmou o compromisso com a educação do campo, contribuindo na formação de novos militantes.


*Editado por Maura Silva