IMG_20160924_093111473.jpg

 

Por Aline Oliveira
Da Página do MST


Entre os dias 23 e 25 de setembro, o MST realizou a I Etapa do curso de Realidade Brasileira, na Escola Nacional Florestan Fernandes Nordeste em Fortaleza, Ceará. 


O curso surgiu com o objetivo de suprir a necessidade do aprofundado teórico sobre a formação do Brasil, dentro da perspectiva de sociedade, cultura, economia, artes e política. A atividade também teve como foco o fortalecimento das organizações populares na luta contra o atual governo e em defesa dos direitos da classe trabalhadora.


Essa não é uma experiência nova, desde 2001 vem acontecendo cursos em várias regiões do país. Em Fortaleza, a grade de estudos e práticas foi construída por diversos movimentos populares que se propuseram ao desafio de estudar, registrar, multiplicar ideias e experiências geradas a partir das referências da cultura e do pensamento brasileiro.


Para Irineuda Lopes da direção nacional do MST e participante do curso. "o atual momento histórico nos convida a pensar em reconstruir a esquerda brasileira. E cursos como esse nos possibilitam conhecer os principais pensadores brasileiros para, a partir daí, elaborar propostas que possam apontar caminhos para unificar forças na construção do socialismo".


Já Karine Mesquita. militante do Movimento Pela Soberania Popular na Mineração (MAM), afirmou que: ''o curso além de trazer em seu conteúdo conhecimento sobre a realidade brasileira, também apresentou experiências de lutas e de organizações que certamente vão contribuir no processo organizativo doa movimentos".


O curso tem duração de 10 meses, sendo realizado no terceiro fim de semana de cada mês.