WhatsApp Image 2016-08-01 at 09.36.44.jpeg

 

Da Página do MST

 

Cerca de duzentas famílias do MST ocuparam na manhã desta segunda-feira (01) a BR 163 e em sequência a Fazenda Gleba Espinheiro Itamaracá, área totalmente  improdutiva de propriedade de  Celso Biancardini da Silva,  localizada no município de Acorizal, a 60 Km da capital Cuiabá.  A  área  é de 2600 hectares de copeira não está cumprindo a função social e tem  capacidade para assentar cerca de 80 famílias.


Essa  área já foi ocupada em 2003 e, após vistoria realizada pelo INCRA, foi considerada improdutiva. O laudo, contudo, foi contestado pelo proprietário e seguiu em processo judicial desde 2005, passando pelas diversas instâncias até chegar ao Supremo Tribunal Federal (STF). No final de 2015, o STF deu ganho de causa ao INCRA, no entanto, o INCRA  não tramitou os procedimentos burocráticos necessários para proceder o assentamento das famílias reivindicado pelo MST.


Dessa forma as famílias organizadas no MST, cansadas de esperar pela “boa vontade” do INCRA, ocuparam este latifúndio para denunciar a paralisação da Reforma Agrária e das políticas voltadas para a agricultura familiar camponesa, bem como para exigir que o INCRA tome as medidas necessárias para concretização imediata do assentamento das famílias.

 

 

*Editado por Rafael Soriano