Foto Leandro Molina (1).JPG
Produtos produzidos pelo MST 

 

Por Catiana de Medeiros
Da Página do MST

 

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul aprovou em sessão plenária o Projeto de Lei do deputado estadual Edegar Pretto (PT) que cria a Semana da Alimentação Saudável.

 

A votação ocorreu na última terça-feira (24). A Semana será celebrada anualmente na semana de 16 de outubro, e o Estado poderá promover e apoiar eventos de conscientização da população, especialmente nas escolas estaduais, sobre os benefícios da alimentação saudável.

 

O objetivo, conforme o deputado, é promover e reforçar a importância dos alimentos orgânicos e agroecológicos para a saúde e meio ambiente. A partir da sanção, a Semana passará a constar no Calendário Oficial de Eventos do Estado.

 

“Mais uma lei oriunda do nosso mandato que surgiu a partir do trabalho da Frente Parlamentar Gaúcha em Defesa da Alimentação Saudável, e que mostra a importância e dá visibilidade ao trabalho essencial da agricultura familiar na produção de alimentos saudáveis livres de veneno”, comemora Edegar Pretto.

 

Para a dirigente estadual do MST, Renata Coimbra, iniciativas como esta do deputado no parlamento - além de incentivar a produção e o consumo de alimentos livres de venenos -, são fundamentais para levar à população o debate sobre os malefícios do uso de agrotóxicos e os benefícios de uma produção limpa.

 

“Há mais de uma década o Movimento vem pautando esse tipo de discussão em áreas de assentamentos e meios urbanos. É por esse bem maior, em defesa da vida, do meio ambiente e da natureza, que produzimos para feiras e lutamos para que a alimentação saudável seja uma realidade nas escolas e no maior número possível de lares. A Semana vai ajudar na conscientização da população nesse sentido”, declara Roberta.