O MST informa que no último sábado, dia 14 de maio, foi desocupada a Fazenda Esmeralda pertencente a Michel Temer, mas registrada em nome da empresa ARGEPLAN ligada ao Coronel Lima. A ocupação da fazenda teve início no dia 09 de maio e através dessa ação direta o MST fez várias denúncias sobre crimes cometidos no local (saiba mais aqui).


A desocupação foi decidida em assembleia pelos 1.000 trabalhadores e trabalhadoras que participaram da atividade. A decisão foi tomada logo após a realização de uma audiência com o diretor de obtenção do INCRA Nacional, Leonardo Góes, no dia 14 pela manhã, realizada na Câmara Municipal de Duartina.


Na audiência o MST reafirmou seu posicionamento político na luta contra o golpe em curso no país e na condição de movimento social apresentou uma pauta que tem como pontos centrais: o assentamento imediato através das cerca de 5000 famílias acampadas no estado de São Paulo e uma política de infra estrutura, habitação e crédito para os assentamentos. O MST destacou ainda a necessidade da realização da Reforma Agrária em nível nacional, com o assentamento das 160 mil famílias acampadas e pautou o cumprimento da Constituição na arrecadação de terras que não cumprem sua Função Social e a questão da atualização dos índices de produtividade. O INCRA se comprometeu em fazer um monitoramento da pauta e apresentar um retorno em 15 dias.


A desocupação ocorreu de forma pacífica e até a saída da fazenda não fomos notificados através de reintegração de posse. Esclarecemos ainda que não houve nenhum tipo de depredação ou dano cometido na área, conforme veiculado através da imprensa. Nossa ação é legítima e pacífica.


Por fim, as famílias sem terra deliberaram em assembleia que nossa luta na Fazenda de Michel Temer homenageou a pequena Anita Valentina, nascida no dia 12 de maio. Ela é filha de Leonir Orbhak, assassinado pela Polícia Militar e jagunços da empresa  Araupel na emboscada de Quedas do Iguaçu, PR. Que a valentia de Anita inspire a luta do povo brasileiro por direitos e reformas estruturais.


Duartina, 14 de maio de 2016.