Da Página do MST

Desde as oito horas da manhã dessa sexta-feira, cerca de 100 trabalhadores do MST trancaram a Dutra na altura do km 242, seguindo até às 10h.

A ação fez parte da Jornada Nacional de Luta pela Reforma Agrária, cujas bandeiras, em 2016, são relembrar os 20 anos de impunidade dos responsáveis pelo Massacre de Eldorado dos Carajás, a retomada da Reforma Agrária e o posicionamento do Movimento contra o impeachment.

Segundo Marcelo Durão, da coordenação estadual no Rio de Janeiro, o ato em Piraí, soma-se às mobilizações nacionais que estão sendo realizadas no dia hoje “em prol da reforma agrária, de que se assentem os acampados há muito tempo nessa situação e também a luta pela democracia, pois no nosso entendimento, não existe base jurídica para o impeachment e o que está sendo feito é um grande golpe”.

Por volta das 13h desta sexta-feira, outro bloquieio foi realizado pelos militantes do MST na Dutra, desta vez próximo ao município do Rio de Janeiro. A estrada segue bloqueada.