Da Página do MST


Cerca de 400 famílias, organizadas por movimentos de luta pela terra que compõem o Fórum Regional de Luta Pela Terra do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, ocuparam a unidade da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), em Uberlândia-MG.


A ocupação começou na madrugada do dia 29 de fevereiro. Uma negociação em Brasília foi realizada nos dias 29 e 01 de março, mediada pela ouvidoria agrária, mas não houve avanços concretos, assim as famílias decidiram permanecer no local até que as pautas sejam atendidas.


A pauta abrange todo o estado e tem como principais pontos a liberação imediata de cestas básicas para famílias acampadas, celeridade no processo de obtenção de terras em conflito – principalmente a Fazenda São Francisco Letreiro, a Carinhosa, a Cabaça, em Uberlândia e a Arco-Íris, em Gurinhatã – que estão em processo avançado de arrecadação, e a realização de novas vistorias de terras improdutivas.


O Fórum é composto pelo MST, Movimento de Libertação dos Sem Terra (MLST), Movimento Popular de Reforma Agrária (MPRA) e Movimento Terra, Trabalho e Liberdade (MTL).