03-03-16_bertacaceres_homepage.jpg
 Berta Cáceres | Foto: TeleSUR


Da TeleSUR*


A coordenadora do Conselho de Povos Indígenas de Honduras, Berta Cáceres, foi assassinada na madrugada desta quinta-feira (3) por pessoas ainda desconhecidas. A correspondente da TeleSUR em Honduras, Gilda Silvestruci, confirmou que a líder hondurenha foi assassinada à 1h hora local, em sua casa, localizada no departamento de Intibucá, sudoeste do país.


Cáceres era líder da comunidade indígena Lenca, de movimentos camponeses e defensora dos direitos humanos. De acordo com fontes locais, os assassinos esperaram Cáceres dormir, forçaram a porta e a mataram. Durante o episódio, mais uma pessoa também ficou ferida.


A reportagem da TeleSUR lamenta o acontecido e afirmou que estabeleceu contato com os companheiros da líder logo após o ocorrido e informaram que funcionários da polícia já estavam na casa de Cáceres.


“Existe muita confusão sobre quem estava dentro da casa e as autoridades iniciam as investigações”, disse a jornalista. Na semana passada, Cáceres deu uma coletiva de imprensa em que denunciou que quatro dirigentes de sua comunidade foram assassinados e outros receberam ameaças.


*Tradução: Renata Bessi