20160108110442 (2).jpg
 

Por Luiz Fernando
Da Página do MST


Entre os dias 7 e 10 de janeiro, cerca de 100 trabalhadoras e trabalhadores Sem Terra de Sergipe se reuniram em Estância para o Encontro de Produção, Meio Ambiente e Cooperação Agrícola.


Com a finalidade de unificar, socializar e aprovar o planejamento com perspectiva de envolvimento da base social das famílias assentadas e acampadas, mantendo a unidade nas ações para fortalecimento da organicidade interna do MST, o encontro trouxe abordou também uma análise do cenário político atual e apontou os principais desafios colocados à classe trabalhadora na luta por direitos.


A partir das linhas politicas do Congresso Nacional e da Coordenação Nacional com enfoque na organicidade e formação, o Setor de Produção, Cooperação e Meio Ambiente planeja para o ano de 2016, iniciativas que trabalhe com os eixos temáticos e ações transversais para a condução da reforma agrária popular.


Agroecossistemas, sistemas de produção na agricultura, produção de sementes e alimentos saudáveis e os desafios nos assentamentos do Estado também foram temas que orientaram as reflexões do encontro.