Da Página do MST


Cerca de 20 famílias ligadas ao MTS ocuparam, nesta segunda-feira (9), a Fazenda Aroeira, localizada no município de Candiota, na região da Campanha, no Rio Grande do Sul.


A área tem 352 hectares e, de acordo com os Sem Terra, o proprietário já tinha demonstrado interesse em vendê-la ao Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra/RS).


“As famílias ocupam a fazenda para que o Incra agilize o processo de aquisição e destine a área para fins de reforma agrária”, explica Eurico dos Santos, da coordenação estadual do MST.


Os Sem Terra que ocupam a área estavam acampados há dois anos no município de Candiota.