JOKA8856.jpg

Por Nadine Nascimento
Do Brasil de Fato

Fotos: Joka Madruga


As atividades da 1º Feira Nacional da Reforma Agrária, que acontece em São Paulo entre os dias 22 e 25, serão transmitidas pela “Rádio Web Brasil em Movimento”. É a segunda vez que MST realiza a experiência de utilizar transmissão sonora via internet em suas atividades - a primeira foi na cobertura do 6º Congresso da organização, realizado ano passado. A ideia é aproximar o evento de todos aqueles que não puderam comparecer.
 

“Além de fazer a divulgação do evento, a rádio será um canal de diálogo com nossa base, com todos os assentados e acampados do MST que não puderam estar na feira", diz Camila Bonassa, coordenadora nacional da Frente de Rádios do Coletivo de Comunicação do MST.
 

A rádio funcionará durante todo o funcionamento da feira, que acontece das 8h às 20h. Contará com matérias sobre o evento, seus personagens e produtos, além de programas de música ao vivo, roda de Prosa e Viola com os cantadores convidados, além da transmissão direta das atividades e shows do palco do evento.
 

A programação contará também com um especial de lançamento do CD "Versando a Luta", uma coletânea de músicas dos 30 anos do MST, que acontece nesta sexta-feira (23), às 17h30.
 

Rádios
 

O movimento possui cerca de 15 rádios FM espalhadas pelo Brasil,  sendo que três são transmitidas também pela internet, a mais antiga, a rádio Camponesa de São Paulo, completa 17 anos no ar.
JOKA8874menor.jpg

"As rádios são feitas por nós e para nós. Elas contribuem muito na nossa organicidade, na nossa organização, é nossa ligação com todo o movimento. As rádios são veículos que ampliam a nossa voz, tem o papel de nos dar voz, já que os movimentos sociais não tem espaço nos grande meios de comunicação, a gente tem que construir nossos meios, fazer nossa própria comunicação", conclui Camila.
 

É possível ouvir a rádio no link em mst.org.br/feira-reforma-agraria/.