12106934_381721632003019_8087687898165681394_n.jpg

 

Da Página do MST 


Na manhã desta segunda feira (19), os Sem Terrinha do MST no estado do Tocantins, realizaram uma ocupação na Secretaria Estadual de Educação- SEDUC-TO, para reivindicar a construção de escolas no campo e exigir melhoria do transporte escolar.


As crianças apresentaram na pauta de reivindicação a implantação imediata de uma politica que discuta e defina projetos de construção de escolas do campo nos assentamento do MST.


Dentre elas estão a melhoria imediata no transporte escolar de modo que atenda de forma decente os alunos dos assentamento e acampamento;


A implantação de escolas de alfabetização de jovens e adultos bem, como reforço escolar para crianças nos acampamento e assentamentos do MST no estado do Tocantins;


Instalação de locais onde os camponeses possam desenvolver atividades relacionados à cultura, esporte, e tecnologia;


O desenvolvimento de ensino integrado à formação de cursos técnicos voltados para camponeses; com melhoria da merenda escolar através da aquisição dos produtos agrícolas produzidos pelos camponeses assentados da Reforma Agrária;


Implantação de escolas e de Projeto Politico Pedagógica de Educação que vá de encontro às realidades de cada comunidade, observando faixa etária  e os níveis de ensino a ser desenvolvido em cada localidade de modo a não comprometer a convivência e vivência familiar e nem a reprodução social da classe camponesa.


O Movimento entende que todas as pessoas que vivem no campo têm o direito à educação publica, gratuita, de qualidade e em todos os níveis no local em que residem.