Captura de Tela 2015-09-24 às 3.46.58 PM.png

 

Por Phillyp Mikell
Da Página do MST


Entre os dias 22 a 24 de setembro, cerca de 800 pessoas participam da II Jornada dos Povos, simultaneamente ao II Seminário Internacional de Agroecologia e o III Seminário de Agroecologia de Pernambuco na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE) com o tema "Terra, Território e Soberania Alimentar", em Pernambuco.


O evento é uma realização do Núcleo de Agroecologia e Campesinato (NAC) e conta com a presença de cerca de 300 camponeses e diversas organizações, ONG´s, movimentos sociais, grupos de indígenas e quilombolas. 


O MST participa das Rodas de Diálogo, com problemáticas voltadas para a produção agroecológica a partir de trabalhos elaborados por alunos e militantes que escreveram para o evento. Os Sem Terra contribuem também com as Instalações Pedagógicas, tendo a tenda aberta a visitação no espaço com o tema “Acampados da Reforma Agrária”. 


Na instalação o MST traz a simbologia da luta nos acampamentos, com banners que contam a trajetória do Movimento, além de fazer a denúncia dos males causados pelo modelo do agronegócio e explicar a organicidade do Movimento por meio de debates. Os participantes ainda contam com barracas de produtos orgânicos produzidos no assentamento Chico Mendes.   


Segundo a professora Virginia Aguiar, doutora em extensão rural e uma das organizadoras do encontro, a metodologia foi inspirada no trabalho dos professores da Universidade Federal de Viçosa MG e no Encontro Nacional de Agroecologia.