pb22.jpg

Da Página do MST 


Cerca de 1.500 Sem Terra bloqueiam desde as primeiras horas desta segunda-feira (24) sete trechos das principais rodovias da Paraíba. Os protestos se concentram nas BR's 101 e 230. 


Os s bloqueios acontecem nos quilômetros 38 e 452 da BR-230, em Santa Rita e Sousa, respectivamente, no quilômetro 108 da BR-101, em Alhandra, no km 128 da BR 412 em Monteiro, No km 70 da BR 361 em Olho d'Água e no km 250 da BR 230, em Juazeirinho. A BR 230, na altura de Bayeux, também está bloqueada.


Segundo Juliane Carneiro, da direção estadual do MST, os Sem Terra exigem do governo federal o assentamento imediato das mais de 3.200 famílias que vivem em baixo da lona preta na Paraíba.


"Essa ações são para chamar a atenção do governo do estado para nossas famílias assentadas e acampadas. Além disso, estamos nas ruas para demonstrar nosso descontentamento com o corte de metade da verba destinada à Reforma Agrária no país", diz.


Os Sem Terra também exigem a construção de escolas no campo, a desburocratização e implementação do Crédito Apoio Mulher e do Programa Terra Sol.


O Movimento também cobra explicações sobre o Programa do Milho, o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), e o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), todos de responsabilidade da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).


No final da manhã será realizada uma reunião com representantes do Incra, governo do estado e Conab para debaterem estes pontos.