IMG_5621.JPG

 

Do Coletivo de Comunicação do MST na Bahia
Da Página do MST

 

Na Bahia cerca de 30 mil trabalhadores hastearam a bandeira vermelha nesta quinta-feira (20). Em Salvador, Barreiras, Itabuna, Eunápolis, Porto Seguro e Teixeira de Freitas as ruas foram ocupadas por jovens, mulheres, trabalhadores rurais e urbanos ligados a diversos movimentos populares que protestaram em defesa da estabilidade democrática tendo como foco a denúncia aos atuais planos de austeridade impostos pelo governo federal.


Nas faixas, nos cartazes e nos gritos de ordem, a mobilização conseguiu construir uma unidade política em torno da pauta da classe trabalhadora e em defesa das conquistas políticas e sociais realizadas no decorrer da história.


Para Evanildo Costa da direção estadual do MST, os atos políticos convocaram a sociedade a lutar por reformas estruturais no modelo econômico estabelecido na lógica do sistema capitalista. Mostrando a força popular frente a ofensiva da burguesia no país. 


“Fomos nós da classe trabalhadora que travamos uma luta pela retomada da democracia em nosso país quando o estado realizou uma ofensiva contra nós na ditadura militar. Voltamos às ruas para reafirmar nosso posicionamento em defesa da democracia e dos avanços políticos já realizados em nosso país”, afirma Evanildo Costa, da direção estadual do MST, enfatiza.