desafios.jpg


Por Catiana de Medeiros
Da Página do MST


Educadores e educadoras do campo do Rio Grande do Sul já se preparam para participar do 7º Encontro Estadual de Educadores da Reforma Agrária, que será realizado de 22 a 24 de julho, no Centro de Formação Sepé Tiarajú, no Assentamento Filhos de Sepé, em Viamão.


De acordo com Josene Aparecida dos Santos, do Setor de Educação do MST, durante os três dias de atividade serão debatidos os desafios da educação do campo e a construção da Reforma Agrária Popular, além de ato político contra o uso abusivo de agrotóxicos, ciranda infantil, místicas e momentos culturais.


“Por meio da socialização de práticas, estaremos discutindo a conjuntura educacional e defendendo a educação pública de qualidade, a agricultura camponesa e a soberania dos povos”, afirma Josene.


Oriundas de todas as regiões do estado, cerca de 150 pessoas, entre educadores, técnicos e convidados, participarão das atividades de formação e debate.


Atualmente, o MST conta com 36 escolas estaduais nos assentamentos do Rio Grande do Sul, abrangendo 3.650 educandos e 311 educadores.


O Encontro Estadual de Educadores da Reforma Agrária acontece em preparação ao Encontro Nacional de Educadores da Reforma Agrária (Enera), que terá sua segunda edição entre os dias 21 a 25 de setembro de 2015, no Centro de Treinamento da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria (CNTI), em Luziânia (GO).


Confira a programação da etapa estadual:


Quarta-feira, 22 de julho
Manhã
– Mística de abertura
– A importância e a construção da Reforma Agrária Popular - Adalberto Martins (MST)
– Desafios organizativos e o debate da Reforma Agrária Popular em nossos assentamentos – Sílvia Reis Marques (MST)

Tarde
– Política Educacional no Brasil e a Conjuntura Educacional Brasileira e Estadual – Elenir Schürer (Cpers)
– Desafios da Educação do Campo – Isabela Camini e Ivori de Moraes (MST)
– Desafios da Reforma Agrária Popular e a Educação – Edgar Kolling (MST)

Noite
– Reunião da Coordenação Geral do Encontro
– Integração com a comunidade


Quinta-feira, 23 de julho
Manhã
– Mística
– Formação Humana, Educação Transformadora – Perti Simula

Tarde
– Socialização de experiências acerca das práticas educativas no contexto da reforma agrária no estado
– Campanha contra o uso dos agrotóxicos (16h30)

Noite
– Noite Cultural – Grupo de danças Cultivando a Tradição, da Escola Joceli Corrêa; e Grupo de Capoeira Camboatá, de Viamão
– Festa Julina


Sexta-feira, 24 de julho
Manhã
– Mística
– A participação e Desafios da Juventude na Reforma Agrária Popular
– Desafios e Linhas de Ação da Educação nas Áreas de Reforma Agrária no RS

Tarde
– Socialização dos encaminhamentos do 2 Encontro Nacional de Educadores da Reforma Agrária: projeção e participação da delegação do RS. Mística Região Sul
– Apresentação da contribuição estadual sobre o Manifesto e Lema do Enera
– Mística de encerramento