Da Página do MST


No último domingo, a Rede Globo completou 50 anos e os movimentos sociais não deixaram a data passar em branco. Foram realizadas manifestações em Brasília (DF), São Paulo (SP) e Belo Horizonte (MG), em frente às respectivas sedes da emissora. Em Recife (PE), o ato foi na Praça do Arsenal, em Porto Alegre (RS), nos Arcos da Redenção, e em Bagé (RS), na Praça dos Esportes.


Até sexta-feira (24), cerca de 150 entidades assinaram o manifesto "50 anos da TV Globo: vamos descomemorar!".


Outros atos ocorrerão durante a semana, em Viçosa (MG) e Curitiba (PR).

Ato Brasília.jpg
Ato em Brasília (DF).

Brasília (DF)


Ao som de roda samba e batuques, o "Domingão do Povão" contou com a participação de cerca de 500 pessoas, mobilizadas por movimentos e organizações que compõem o Fórum Nacional de Democratização da Comunicação (FNDC), entre eles, o MST, o Levante Popular da Juventude e o Intervozes.O Ato ocorreu em frente à sede da Globo, na W3 Norte e foi marcado pela irreverência do samba protesto e pela tinta vermelha, jogada na fachada da emissora, como referência ao sangue dos brasileiros derramado durante a ditadura e que teve o apoio da mesma.

tv esgoto.jpg
Ato em São Paulo (SP).


São Paulo (SP)


Em São Paulo cerca de 500 pessoas descomemoraram os 50 anos da Rede Globo. O ato se concentrou na praça General Gentil Falcão e depois seguiu para a sede da Rede Globo, na zona sul de São Paulo, para descomemorar este meio século de atuação de um dos maiores monopólios midiáticos do mundo.

Ato  BH - Midia Ninja.jpg
Ato em Belo Horizonte (MG).


Belo Horizonte (MG)


Em BH o ato ocorreu em frente à sede da Globo Minas com a presença de representantes de diversas organizações estudantis, culturais e políticas que ainda recolheram assinatura para o Projeto de Lei da Mídia Democrática.

Ato PE - Caruaru.jpg
Ato em Caruruaru (PE).


Recife e Caruaru (PE)


Diversas organizações e movimentos sociais de Pernambuco foram às ruas do Recife Antigo para descomemorar os 50 anos da Globo e dialogar com a população sobre a importância de democratização da comunicação.


Na cidade de Caruaru, a sede da TV Asa Branca, filiada Rede Globo no estado, amanheceu pixada em protesto aos meio século de opressão e monopólio midiático.


Rio Grande do Sul


Cerca 500 jovens do MST e do Levante Popular da Juventude realizaram escrachos públicos em oito afiliadas da RBS nos municípios de Bagé, Caxias do Sul, Erechim, Pelotas, Passo Fundo, Santa Maria, Santa Cruz e Santa Rosa.

Ato PA.jpg
Ato em Belém (PA).

Pará


Em Belém, diversas organizações foram às ruas para dizer que essa mídia burguesa não representa a classe trabalhadora. O ato contra os 50 anos de mentira da globo ocorreu em frente de uma de suas filiais na capital do estado.


Aracaju (SE)


Em Aracaju, cerca de cerca de 300 pessoas participaram do  o ato ocorreu em frente à sede da TV Sergipe, afiliada Rede Globo em Sergipe.