encontro_TO.JPG

Da Página do MST


Entre os dias 26 a 29 de março, os Sem Terra do estado do Tocantins realizaram o 11° Encontro Estadual do MST para debater novas ações para o ano de 2015, e apresentar o balanço das atividades dos anos anteriores. 


Mais de 450 delegados e 100 convidados participaram do encontro, entre representantes do Movimento a nível nacional, professores e alunos da educação do curso de Educação campo da Universidade Federal do Tocantins, campus de Tocantinópolis, autoridades públicas municipal e Federal.   


Segundo os Sem Terra, o encontro que aconteceu na cidade de Carrasco Bonito se constitui num momento de avaliações e planejamentos, e de fazer uma análise da atual conjuntura política do país, relacionada à Reforma Agrária e outras reformas estruturais.


Para os trabalhadores rurais do estado do Tocantins, a situação aponta para continuidade da luta contra o latifúndio atrasado, o agronegócio e o Estado, para que se possa avançar na conquista da terra. 


“Precisamos também continuar lutando pela implantação de infraestrutura nos assentamentos, serviços públicos essenciais (escolas, posto de saúde, espaços para prática esportivas e culturais), bem como recursos para projetos de geração de emprego e renda no campo, sobretudo para juventude e as mulheres”, expuseram os Sem Terra em nota.