_MG_1919.jpg

Da Página do MST


A partir deste domingo (08/03) mais de 6 mil trabalhadores Sem Terra de dez regiões da Bahia estarão em luta reivindicando terra, Reforma Agrária e dialogando com a sociedade baiana na Marcha Estadual do MST.
 

Este ano, a marcha percorrerá 116 km, saindo do município de Feira de Santana em direção a capital baiana, Salvador.
 

Segundo Marcio Matos, da direção nacional do MST, “este novo cenário que se abre em nosso estado nos faz perceber a necessidade de dialogar cada vez mais com a sociedade sobre o debate agrário em nosso país e a construção de um sistema mais igualitário”.
 

“Essa marcha cumpre o papel de estreitar as relações entre o MST e a população baiana”, conclui.
 

Concentração e Abertura
 

A concentração da marcha acontecerá em Feira de Santana no dia 08/03 e seu ato de abertura será protagonizado pela Mulheres Sem Terra no dia 09/03.
 

No ato, as trabalhadoras denunciam o capital, a violência sofrida contra as mulheres e rememoram a luta feminina pela conquista de direitos.
 

Além disso, a defesa da democratização da propriedade da terra e dos bens naturais, visando à produção diversificada de alimentos saudáveis e a construção de territórios livres do latifúndio e do agronegócio, serão temas presentes.
 

Marcha
 

Os trabalhadores pretendem cumprir o trajeto da marcha em seis dias. Durante o percurso, diversas atividades de formação irão ocorrer, sobre temas como a questão agrária, juventude e relações de gênero.
 

A Marcha Estadual do MST na Bahia faz parte da Jornada Nacional de Luta pela Reforma Agrária, que mobiliza trabalhadores Sem Terra em todo o país.