Da Página do MST


Cerca de 300 famílias Sem Terra correm o risco de serem despejadas a qualquer momento no município de Mari, na região da Várzea, na Paraíba. O despejo estava marcado para as 10h, após as famílias não aceitarem deixar a área.


Os Sem Terra lutam para que a Fazenda Santo Antônio, de 600 hectares, seja desapropriada e destinada à Reforma Agrária, já que ela se encontra improdutiva. As famílias estão na área desde o dia 23 de novembro deste ano.


Os Sem Terra acusam a total paralisação da Reforma Agrária no estado. São mais de 3.300 famílias organizadas no MST que, com exceção de uma fazenda desapropriada recentemente (após 10 anos de luta), há anos não vêem nenhuma outra área ser desapropriada.