Entre os dias 10 a 14 de fevereiro de 2014, aconteceu o 6° Congresso Nacional do MST, em Brasília. 


Na ocasião, mais de 15 mil Sem Terra, oriundos de 23 estados do Brasil mais o Distrito Federal (além de 1000 crianças Sem Terrinha e a presença de 200 convidados internacionais dos cinco continentes do mundo), se reuniram para participarem de um dos momentos mais importantes do MST, quando se consolida a linha política para o período seguinte. 


“Lutar, Construir Reforma Agrária Popular!” foi o lema do 6° Congresso, que representa a síntese das tarefas, desafios e do papel do Movimento no período histórico que se abre.


A programação do evento contou com momentos de discussão e debate entre todos os delegados e delegadas presentes, assim como reflexões sobre a organização interna e debates e encaminhamentos sobre os rumos do MST para os próximos anos. 


Para além desses momentos, os cinco dias de encontro entre os Sem Terra também contou com um ato político pela Reforma Agrária com a participação de movimentos sociais, intelectuais, partidos políticos e convidados internacionais, uma marcha de 15 mil pessoas até o Palácio do Planalto, uma feira de produtos orgânicos e agroecológicos das áreas de assentamentos e acampamentos, noites culturais e muita mística.


Além da própria mística do Congresso em si, este também contou com um toque especial: a celebração dos 30 anos do MST completados em 2014. São três décadas de luta e organização, defendendo a bandeira da luta pela terra, Reforma Agrária e justiça social.