curso_UFRN.jpg

 

Da Página do MST


Cinquenta educandos, filhos e filhas de camponeses beneficiados da luta pela Reforma Agrária de todo nordeste, iniciaram no mês de dezembro o curso de ciências sociais na Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em Natal.


O ato público de abertura da turma aconteceu no último dia 28/11, e contou com a presença da Reitora, Ângela Maria Paiva Cruz, e do coordenador do curso, César Sasson.


O curso será realizado pelo Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera), e é mais uma conquista do MST e de todos os que lutam pela Reforma Agrária e pela democratização do conhecimento e da educação.


Os estudantes estão realizando a primeira etapa do curso, que tem duração de quatro anos. Após esse período, os educandos se formam enquanto professores da área de ciências humanas, podendo contribuir nas escolas de assentamentos de todo nordeste.