Livro sobre Dom Tomás Balduíno.jpg

Da CPT


No dia 20 de novembro, a partir das 19h30, serão lançadas no Centro Cultural Cara Vídeo (rua 83, nº 361 – Setor Sul), as publicações “Dom Tomás é terra e dignidade” e “Advertências e Esperanças: Justiça, Paz e Direitos Humanos”. Além delas, será feito também o lançamento da Agenda Latino-americana Mundial 2015, publicação essa criada em 1992, no contexto das manifestações críticas às comemorações em torno aos 500 anos da ocupação espanhola em parte da América Latina.


A agenda foi uma iniciativa do padre claretiano José Maria Vigil e do bispo da prelazia de São Félix do Araguaia, Dom Pedro Casaldáliga, hoje emérito. O intuito de produzir essa agenda era para que ela se tornasse uma ferramenta de reflexão sobre temas políticos e sociais, a partir de uma ótica construtiva e crítica, ao mesmo tempo.


“Dom Tomás é terra e dignidade” é uma compilação de textos, mensagens e poemas vindos de todas as partes do mundo em homenagem a Dom Tomás Balduino, falecido em maio último, na cidade de Goiânia (GO). Dom Tomás, bispo emérito da Diocese de Goiás (GO), fundador da Comissão Pastoral da Terra (CPT) e do Conselho Indigenista Missionário (CIMI), deixou frutos de suas lutas e militância em defesa dos pobres da terra, em todo o mundo.


O livro, organizado pela CPT, Comissão Justiça e Paz e Diocese de Goiás, traz mensagens de profundo pesar, admiração e compromisso com as lutas defendidas por Dom Tomás por toda a sua vida. Antônio Canuto e Cristiane Passos, da CPT, juntamente ao frade dominicano José Fernandes, tiveram a tarefa de organizar as centenas de mensagens que chegaram quando da morte de Dom Tomás, assim como os textos e poemas produzidos sobre ele, e de retomar análises e textos proféticos escritos pelo próprio Dom Tomás, para aqueles e aquelas que pouco conhecem da sua trajetória, poderem partilhar um pouco da sua atuação incisiva e lúcida, durante seus anos de caminhada junto aos sem terra, aos indígenas, ao povo pobre do campo.


Já a publicação “Advertências e Esperanças: Justiça, Paz e Direitos Humanos” é um livro comemorativo pelos 25 anos da Comissão Dominicana de Justiça e Paz do Brasil. O livro tem por objetivo apontar os desafios para os próximos anos na promoção e defesa dos direitos humanos no Brasil.


Dom José Raúl Vera Lópes participará do evento


Frade dominicano e bispo da diocese de Saltillo, México, Dom José tem se destacado na defesa e promoção dos Direitos Humanos, especialmente junto a trabalhadores das minerações da região onde vive, e atua, também, junto ao mundo das migrações, através do Projeto “fronteira com Justiça”.


Pelo seu compromisso junto às causas dos direitos humanos no México, foi candidato ao “Prêmio Nobel da Paz”, em 2012. Ele foi um dos poucos bispos que participaram, na última semana de outubro, do Encontro com os Movimentos Sociais Populares, no Vaticano, junto ao papa Francisco.