Do Brasil de Fato


Todos os beneficiários do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (PRONERA) podem se inscrever para concorrer a uma das 60 vagas para o curso de Direito na Universidade Federal do Paraná (UFPR).


O PRONERA é uma política pública voltada especialmente para a educação do campo e para atender às necessidades dos beneficiários da reforma agrária. Desde 2009, estudantes, professores e técnicos administrativos da UFPR lutam para a construção de uma turma de Direito do PRONERA na Universidade, a partir da demanda apresentada pelos movimentos sociais do campo.


Com a abertura desta turma, se garante aos estudantes tanto o acesso ao ensino superior quanto as ferramentas para que busquem, junto com suas comunidades, o acesso à justiça. Assim, a turma de Direito do PRONERA na UFPR é uma importante vitória da luta pela reforma agrária e pela educação do campo.


Quem se interessar em concorrer às vagas, deve se inscrever no processo seletivo específico (www.nc.ufpr.br) no período de 03 de novembro a 07 de dezembro. A seleção ocorrerá por meio da nota do ENEM 2014.


Podem se candidatar: assentados, acampados, membros de comunidades quilombolas e demais cadastrados no INCRA que tenham concluído o ensino médio e feito a prova do ENEM 2014.


As aulas terão início em março de 2015 e acabarão em 2019, em Curitiba, no Paraná. Para garantir a permanência dos estudantes até a conclusão do curso, haverá moradia gratuita e uma bolsa-auxílio, além de outros subsídios.


A turma seguirá a pedagogia da alternância, ou seja, os estudantes passarão um período na universidade e outro período na sua comunidade de origem. O objetivo é garantir que os estudantes não percam o vínculo com sua comunidade e que o conhecimento adquirido venha a fortalecer seus locais de origem e atender às demandas do meio rural.


Mais informações podem ser obtidas no site www.nc.ufpr.br ou enviando e-mail parapronera.ufpr@gmail.com.