Da Página do MST


Nesta segunda-feira (13), representantes de inúmeras entidades e movimentos sociais se reúnem com a presidenta Dilma Rousseff, às 17h30, no Auditório do Hotel Golden Tulipe, antigo Blue Tree, em Brasília. O encontro formalizará a entrega, ao Poder Executivo, do resultado do plebiscito popular por uma constituinte exclusiva e soberana sobre o sistema político. Na ocasião, são esperados centenas de militantes na porta da residência oficial, para um ato político. 


A campanha do Plebiscito Constituinte, que começou há mais de um ano, culminou com a coleta de votos ao longo da semana da pátria (1 a 7 de setembro). Foram contabilizados, ao todo, 7,7 milhões de votos, quase a população de Portugal. Desse total, 97% dos votantes (7,5 milhões) disseram sim à convocação de uma assembleia constituinte para promover a reforma política no país. A mobilização envolveu cerca de 100 mil pessoas e mais de dois mil comitês populares espalhados pelo país.


O encontro com Dilma é parte da programação da V Plenária Nacional da campanha, cujo objetivo é discutir os próximos passos da mobilização pela mudança no sistema político, garantindo a continuidade dos comitês e as ações políticas nos estados. Na terça-feira (14), será a vez de audiências oficiais de entrega do resultado na Câmara dos Deputados, no Senado Federal e no Supremo Tribunal Federal (STF).


As atividades da V Plenária da campanha do Plebiscito Constituinte ocorrem em meio ao resultado das eleições que definiram nova composição para o Parlamento brasileiro (Câmara e Senado), no último dia 5. Mais uma vez, prevaleceu a influência do poder econômico, com metade das cadeiras na Câmara sendo ocupada por setores empresariais e um forte avanço de segmentos conservadores sobre a maioria das vagas. Segundo informações do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), trata-se da composição mais conservadora do Congresso Nacional desde 1964.