Da Página do MST


Entre os dias 30/08 e 07/09, três cooperativas de famílias assentadas do MST participam da 16ª Feira da Agricultura Familiar, com a exposição e comercialização de produtos da Reforma Agrária na 37ª Expointer, em Esteio, na região metropolitana de Porto Alegre (RS).


As cooperativas - Cooperativa de Produção Agropecuária Nova Santa Rita (Coopan), Cooperativa de Produção Agropecuária Cascata (Cooptar) e Cooperativa Agroecológica Nacional Terra e Vida (Bionatur) – estão expondo e comercializando produtos como arroz e sementes orgânicas, salames, copa e sucos naturais, além do funcionamento de uma cozinha da Reforma Agrária, que serve alimentação caseira e saudável à base de arroz orgânico e outros alimentos produzidos nos assentamentos.


Nesta quarta-feira (3), durante a abertura da Feira da Agricultura Familiar, o coordenador estadual do MST, Emerson Giacomelli, relembrou que somente no primeiro governo de Olívio Dutra as famílias assentadas tiveram espaço para expor os produtos da Reforma Agrária na feira, mostrando a valorização da agricultura familiar e camponesa.


“Nos últimos quatro anos os assentados do MST são tratados com respeito e dignidade, e com o apoio do governo do estado avançamos na criação de políticas públicas para o desenvolvimento dos assentamentos”, afirma.


Porém, Giacomelli cobrou do Ministro do Ministro do Desenvolvimento Agrário (MDA), Miguel Rossetto, o avanço na criação de novos assentamentos que nos últimos quatro anos se encontra paralisado pelo governo federal.


O Pavilhão da Agricultura Familiar é um dos mais visitados pelo público, apresentando produtos diretamente do campo, produzidos pelas famílias agricultoras e camponesas de todo estado. 


O espaço conta com 200 estandes, com produtos artesanais e de origem animal e vegetal, e uma praça de alimentação com sete cozinhas da agricultura familiar e camponesa, além de uma praça somente com produtos orgânicos.


Segundo o Departamento de Agroindústria, Comercialização e Abastecimento (DACA), da Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR), participam do evento representantes da agricultura familiar de 115 municípios gaúchos, envolvendo aproximadamente 9,5 mil pessoas.