Do Plebiscito Constituinte


Nesta terça-feira (12), a Campanha Nacional pelo Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político realizará o Dia Nacional de lutas pela ‪Constituinte.


Os mais de 800 comitês, espalhados por todos os estados brasileiros, se reunem em manifestações locais para levar para a rua a luta pela Constituinte.


Os comitês da Grande São Paulo e Capital se reunirão num ato único na Praça Ramos, às 16h30. São esperados mais de mil ativistas, de comitês de bairro, movimentos populares, de juventude, religiosos, partidos políticos, estudantes e simpatizantes.


Nesse dia também é comemorado o Dia da Juventude. Passado mais de um ano desde as jornadas de junho, a Campanha convoca a população para novamente se mobilizar.  


As ações visam a divulgação e esclarecimento sobre o Plebiscito Popular, que será realizado de 1 a 7 de setembro e perguntará aos brasileiros(as): Você é a favor de uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político?


O objetivo da Constituinte é propor uma verdadeira reforma política e, assim, promover a democratização das estruturas de poder.


Entenda o Plebiscito Constituinte


A reforma política vem sendo cobrada por muitos grupos da sociedade, mas o que caracteriza a Campanha pelo Plebiscito Constituinte? Mais de 250 movimentos e 800 comitês, pluripartidários, que reúnem sindicatos, movimentos de moradia, pastorais, entre outros, propõe que essa Reforma Política seja feita por meio de uma Constituinte Exclusiva, ou seja, por uma assembleia eleita unicamente para essa função.


Essa assembleia seria paralela ao atual congresso e teria plenos poderes para fazer as reformas necessárias.


Para isso, a Campanha convocará, na semana da pátria - entre os dias 1 e 7 de setembro de 2014 -, um Plebiscito Popular por uma Constituinte Exclusiva e Soberana para o Sistema Político. O ato não possui valor legal, mas tem forte importância política por pressionar o poder público para convocá-la.


Os comitês pretendem mobilizar ao menos 10 milhões de pessoas e votos em todo o país. A Campanha tem como meta ter um Comitê Popular em cada bairro das grandes cidades e em cada município do interior.