Da Página do MST

Neste sábado (19/07), diversos movimentos sociais, como o MST, o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Levante Popular da Juventude e a Frente em Defesa do Povo Palestino, realizam um Ato Unificado em solidariedade à Palestina (abaixo, veja a lista das organizações).

A concentração se dará em frente à sede da Rede Globo, em São Paulo, às 13h, de onde sairão em marcha até o Consulado de Israel.

A atividade faz parte de uma série de ações realizadas contra os ataques do Estado de Israel à Faixa de Gaza.

Na última quarta-feira (15/07), cerca de 500 pessoas fizeram uma vigília no bairro Higienópolis. Para a próxima sexta-feira (25), os movimentos sociais pretendem realizar outro ato massivo na Avenida Paulista.

Contexto

Os ataques à Faixa de Gaza começaram após morte de três colonos israelenses.

Autoridades do Estado culparam a organização Hamas, que não assumiu autoria pelos crimes.

As mortes, usadas como justificativa para mais uma ofensiva, não têm qualquer comprovação de autoria, em circunstâncias ainda não esclarecidas.

Desde então, mais de 1,8 milhão de pessoas foram afetadas com os ataques à Gaza.

Além das cerca de 227 mortes e 1.685 feridos, já chegam a 19.000 o número de desabrigados. 

Nesta quarta-feira, quatro crianças de uma mesma família morreram enquanto jogavam futebol na praia após a queda de dois mísseis.