Da Página do MST


Na manhã desta segunda-feira (5), cerca de 500 pessoas do MST trancaram a rodovia BR 304, que liga a cidade de Natal a Mossoró, no Rio Grande do Norte. 


Os Sem Terra denunciam o descaso da Reforma Agrária no estado, o sucateamento do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e a consequente falta de celeridade nas desapropriações de terras. 


Os manifestantes também denunciam a priorização do governo federal pelo agronegócio em detrimento da agricultura camponesa.


De acordo com a direção estadual d MST, as multinacionais da energia eólica estão avançando sobre as áreas de assentamentos de Reforma Agrária no estado, fazendo com que muitas famílias fiquem impossibilitadas de trabalhar em seus lotes.