Por Solange Engel
Da Página do MST


Em celebração aos 20 anos de lutas e conquistas, neste domingo (04/05), as famílias da Cooperativa de Produção Agropecuária Nova Santa Rita Ltda (Coopan) e do Assentamento Capela realizam uma festa  na sede da Cooperativa, em Nova Santa Rita, região metropolitana de Porto Alegre (RS).


A festa contará com a presença de autoridades, amigos e famílias assentadas da região. A programação inicia às 9h, com recepção aos convidados; às 11h30 será realizado ato de acolhimento e as 12h30 começa o churrasco e apresentações com artistas populares e a banda Geração Nacional.


A Coopan trabalha com o cultivo de produtos orgânicos e agroecológicos oriundos da Reforma Agrária. É referência na produção de alimentos saudáveis, sem agrotóxicos e de qualidade, acessíveis aos trabalhadores e ambientalmente responsável. Atualmente produz e comercializa arroz agulhinha e cateto orgânico, integral e polido, carne suína e leite in natura.


O integrante da direção coletiva da Coopan, Airton Luiz Rubenich, explica que a festa é uma forma de comemorar os 20 de história, conquistas econômicas e o desenvolvimento social das famílias assentadas envolvidas na cooperativa, que atingiram melhorias significativas nas condições de vida.


“Esse é um momento de comemoração. Outra grande conquista é que muitos jovens estão se associando e se firmando no assentamento, sem a necessidade de ir para a cidade. Também temos produtos saudáveis para oferecer à sociedade, demonstrando que a Reforma Agrária dá certo e se justifica como um política importante”, salienta Rubenich.


A produção da Coopan é contraponto ao agronegócio, ao comprovar que existem alternativas a esse modelo, com produção de alimentos baseados em práticas agroecológicas, que visam a sustentabilidade ambiental e social e os respeito aos direitos dos agricultores.


Histórico



A Coopan foi fundada em 30 de junho de 1995 e atualmente possui 67 sócios trabalhadores e 42 sócios produtores. Esse grupo de famílias organiza a produção da terra, as atividades econômicas e sociais, de forma coletiva, voltada para a agroindustrialização e comercialização dos frutos da Reforma Agrária.


A cooperativa está localizada no Assentamento Capela, fundado em 1994, que possui 100 famílias assentadas. A iniciativa de montar um sistema integrado de comercialização partiu dos próprios agricultores, que buscam na industrialização um meio de agregar valor à produção. O assentamento produz arroz convencional e integral, suínos, aves e leite.


Na agrovila fica a sede da cooperativa e no seu entorno estão as moradias, onde vivem as famílias, próximas dos estabelecimentos de produção e industrialização de suínos e arroz. O local também possui escola para os filhos dos assentados, evitando o deslocamento até a cidade para o acesso à educação.