Por Solange
Da Página do MST


Cerca de 300 pais e estudantes da Escola Estadual de Ensino Fundamental Rui Barbosa bloquearam por duas horas o acesso a rodovia RS 040 - subdistrito de Moro Grande, no município de Viamão/RS -, na tarde desta sexta-feira (21).

A mobilização cobrou do governo do estado a construção de uma nova escola no subdistrito de Moro Grande e a construção de uma passarela de acesso à escola pela RS 040.

Juliana Sperotto, integrante da Associação de Pais e Mestres, explicou que essa é uma luta que se arrasta há 14 anos, mas chegou a uma situação insustentável porque existe o risco de morte dos estudantes e educadores que frequentam o local.

“Já encaminhamos vários pedidos ao governo do estado, fizemos audiências com a secretaria de educação e o Ministério Público e não fomos atendidos. Decidimos pela mobilização para chamar atenção do governo para a situação insustentável da escola”, destacou.

A escola oferece ensino fundamental do 1º ao 9º ano para aproximadamente 320 estudantes, e atende uma parte das crianças do Assentamento Filhos de Sepé, localizado em Viamão.

Os Sem Terra alegam que a estrutura da escola é precária, podendo cair a qualquer momento. Seis salas de aulas, cozinha e biblioteca funcionam num galpão em condições inadequadas de iluminação e ventilação.

Fundado em 1948, o local possui somente três salas de aulas construídas com o apoio do governo estadual. As demais estruturas tiveram que ser construídas pela comunidade de forma improvisada.